Cobertura para Lavanderias - Qual é a melhor?!

As coberturas translúcidas são excelentes opções para quem deseja embelezar os espaços residenciais, e não é diferente com a cobertura para área externa como em lavanderias, por exemplo. Esta escolha costuma agradar aqueles que desejam ter contato com o meio externo e proteção contra intempéries ao mesmo tempo.



Outro ponto positivo para a instalação de uma cobertura de lavanderia translúcida é que o aproveitamento da luz natural contribui para a redução do consumo de energia elétrica no ambiente onde são instaladas.


Porém uma dúvida que surge é qual material seria mais interessante para realizar a instalação desse tipo de cobertura?


Vidro ou Policarbonato

Antes de mais nada é importante entender que os projetos que envolvem coberturas transparentes devem, porém, levar em consideração a exposição desta à radiação solar para que o conforto térmico não seja prejudicado.


 

Cobertura em policarbonato


Quem está em busca de uma cobertura de policarbonato encontra uma das opções mais resistentes do mercado. Material composto por uma resina resultante da reação entre derivados do ácido carbônico e o bisfenol. Uma das suas vantagens com relação ao vidro é a sua alta resistência a impactos, que é em média 250 vezes superior.

Além disso, ele pode ser curvado a frio na própria obra. É mais leve, aceitando, portanto, uma estrutura de fixação mais delgada e, consequentemente, mais barata. O coeficiente de dilatação térmica linear também é maior do que a do vidro, por isso, é fundamental que as fixações sejam bem estruturadas, pois caso contrário há a possibilidade dela apresentar deformações e até mesmo trincas.

 

Cobertura em vidro

O vidro é um material composto basicamente por areia derretida e componentes que aumentam sua resistência mecânica e química contra esforços e intempéries. Por apresentar maior peso próprio, exige uma estrutura de apoio mais reforçada que o do policarbonato.

A cobertura em vidro também possui maior resistência à abrasão, de forma que sofre menos desgastes devido a intempéries e procedimentos de limpeza. Em alguns caso até mesmo pode ter maior durabilidade, já que o policarbonato pode perder a transparência e integridade com o passar dos anos.



Conforto térmico e acústico

Um projeto de coberturas em policarbonato precisa levar em consideração aspectos como conforto térmico e acústico no ambiente. Diferente das paredes envidraçadas, que recebem insolação por curtos períodos de tempo, as coberturas de lavanderia, por exemplo, estão completamente expostas à radiação solar.

Dessa forma, para evitar o efeito estufa ocasionado pelo acúmulo de energia térmica no ambiente, o produto precisa ser corretamente especificado e levar em consideração as necessidades do ambiente. Tanto o policarbonato quanto o vidro podem apresentar tratamento refletivo ou de retenção de infravermelho, o que melhora consideravelmente seu desempenho térmico.


Quer saber mais? Converse com um especialista perto de você!

Se quiser, podemos ter ajudar!